Uma palavra para aqueles cujos tamanhos de telefone chegarão a 2012

Este post é um desvio do normal e comum deste blog, ou do Pinguins Móveis; mas não pude deixar de passar a oportunidade de ajudar aqueles que serão apresentados a um novo e maravilhoso mundo, o dos telefones enormes.

Havia um tempo que eu também achava que qualquer coisa com tela maior que 4″ era impraticável como telefone. E que, secretamente, esperava que LG, Samsung, Sony e todo mundo se uniria e diria “ráááá, pegadinha do Mallandro, devolvam aqui seus telefones enormes, tá aqui seus telefones de 4 polegadas”. Até que um dia tive contato com um Galaxy Note (o original, o trambolhão mesmo, o que ressucitou a stylus e tudo o mais) – e, bom, aprendi algumas coisas com ele e seus amigos de telas grandes.

  • Seu bolso é maior do que você pensa. É sério. Particularmente quando estamos falando de calças sociais. Você vai descobrir que seu bolso tinha uma profundidade nunca testada anteriormente. Agora, se você é fã de calças jeans apertadíssimas, talvez seja hora de trocar sua calça. Ela já deve ter saído de moda mesmo.
    • Tem a versão feminina, em que se troca “bolso” por “bolsa”, mas as mulheres já sabem da capacidade (quase) infinita de suas bolsas.
  • Você não conseguirá usar o telefone com uma só mão o tempo todo. Talvez nem a maior parte do tempo. É verdade que é possível usar um telefone de até 5″ com uma só mão, como também é verdade que existem modos para utilizar telefones maiores apenas com uma mão. Mas, na prática, você vai ficar com medo (irreal, também é verdade) de esborrachar seu caríssimo telefone ao fazer tudo com apenas uma das mãos e vai se acostumar a usar as duas mãos.
  • Você vai sentir falta de features que não faziam a menor falta em telas menores. Um exemplo? Multijanelas. Você vai se pegar pensando “cara, eu tenho um telão de 5,5″ aqui e não posso rodar duas coisas na mesma tela, buá buá”
    • Aliás, Google, espero que você um dia se convença de que o Android stock tem que ter uma implementação de multijanelas. Pode até pegar emprestado a da Samsung. Mas um dia eu volto a isso.
  • Você não vai querer voltar atrás. A sensação de “ter mais espaço” é maravilhosa. Páginas web ficam mais legíveis. Os alvos de toque ficam mais acessíveis. O teclado virtual fica mais “usável”. Tudo parece menos claustrofóbico.

Se voltaria para um telefone menor que 4,5″? Não. Talvez nem para um telefone menor que 5″.
Mas continuo achando estranho usar tablets para fazer ligações.

Anúncios