O que se consegue com um Firefox OS e 35 dólares?

A maioria de vocês já deve adivinhar: não muito, mesmo dando o devido desconto de bias do Ron Amadeo ser morador dos EUA e não da Índia.

Talvez o mais preocupante seja que, ao que parece, o Firefox OS 1.3 não parece muito interessado em cooperar com o Intex Cloud FX. Espero que, com o foco da Fundação Mozilla no ultra low-end, o 2.0 efetivamente seja um sistema para rodar redondo em 128MB de RAM com um Spreadtrum ultralento.

Anúncios