A Jolla investe no mundo do hype^Htablet

Sendo direto ao ponto: no primeiro ano de vida, a Jolla só conseguiu hype empurrado por RTs infinitos de fã-clubes no limite do fanboyismo e a quase imposição do ethos de algumas partes das comunidades de Software Livre de sair evangelizando. Relevância que é bom, nada.

E, para demarcar esse primeiro ano de vida, a Jolla lança um combo de hype: um tablet com especificações bem parecidas com o Nokia N1, vendido pelo onipresente crowdfunding. Tablet crowdfunded, evidente que seria um sucesso – e foi.

Para não dizerem que só falo mal da Jolla, parece interessante a solução para multitarefa em tablet. Não que isso faça diferença.

Anúncios