Canonical e a corrida da convergência

A Canonical estava na frente da corrida pelo Nirvana da Convergência – rodar o mesmo app em telefones, tablets, desktops/laptops e o que mais aparecesse na frente. Tentou com o Ubuntu Edge, mas não deu muito certo.

Aí a Microsoft começou a falar de Continuum e de alguma coisa envolvendo Windows 10 e meio do ano.

Sinal amarelo apertado, e o resultado: Mark Shuttleworth anunciou que teremos um Ubuntu Phone que só precisa de monitor para virar um desktoptalvez para o final do ano.

Continuo acreditando que estão correndo atrás de uma solução em busca de um problema, mas né, vamos que vamos…

Anúncios

Um comentário sobre “Canonical e a corrida da convergência

Os comentários estão desativados.