Resenha: LinuxShell Terminal Launcher para Android

Introdução

Um dos melhores legados das tão comuns brincadeiras de Primeiro de Abril é o MS-DOS Mobile. Infelizmente é apenas para Windows Phone/Mobile/insira-aqui-o-nome-do-dia, o que tira 90 e tantos porcento das pessoas da brincadeira.

Felizmente uma das vantagens do Android é poder trocar o lançador, e também felizmente existe um lançador de “modo texto” para Android, o Linux Shell Terminal Launcher.

NOTA: se você tem medo de shells e linhas de comando em geral, pare aqui.

Primeiras impressões

Depois de instalar e definir como lançador padrão, somos apresentados à sua tela:

Tela do launcher

Tela do launcher

Sim. É isso mesmo. Não tem ícones, não tem widgets, não tem gaveta paginada de apps, não tem nada disso. Tem o nome do telefone, o shell de comandos, o espaço de saída dos comandos do shell, a quantidade de memória RAM livre (!) e a listagem de um diretório (por padrão, o diretório-raiz do armazenamento padrão).

Dia-a-dia

O melhor amigo do usuário iniciante do Linux Shell Terminal Launcher é o help. Não apenas lista os comandos disponíveis, mas também tem ajuda contextual com help nomedocomando.

Alguns comandos são facilmente memorizáveis: apps lista todas as apps instaladas no aparelho, assoc permite associar mnemônicos a apps, config entra no modo de configuração, install para instalar APKs, uninstall para desinstalar apps, além de todos os comandos para trabalhar com diretórios (cp, mkdir, mv, rm etc)

E, sim, existe um modo de configuração – você entra, faz suas modificações e aplica com apply para voltar ao modo normal do launcher. Na imagem abaixo, a única mudança feita foi trocar o fundo verde por preto (tem que lembrar o número RGB da cor, em hexa.)

Launcher com as cores trocadas.

Launcher com as cores trocadas.

Sobre a utilização

Não tem mistério: é tocar na linha onde está o “>>”, digitar o comando/nome do app/mnemônico definido via assoc e pronto.

Uma dica preciosa: não é necessário digitar perfeitamente o nome do app, o shell é suficientemente inteligente para entender eventuais erros de digitação.

As pedras no caminho

É um launcher extremamente estável… tirando quando se quer executar apps com espaços no nome. Basta errar o espaço e o launcher crasha. Mas é só isso mesmo.

Resultado final

O LinuxShell Terminal Launcher não é um launcher para todos. Certamente não é para a maioria. Nem para tanta gente assim, vamos reconhecer. No entanto, se você quer um launcher rápido, leve e que certamente vai manter, ou aumentar, seu coeficiente nerd, vale o teste.

Anúncios