Android One, próxima parada: EUA

O Android One não foi assim um sucesso estrondoso, mas aparentemente o ajuste feito na Europa (leia-se General Mobile) de vender telefones com especificações um tanto melhores a um preço um tanto mais alto deve ter funcionado.

E, além disso, um lançamento do Android One nos EUA pode ocupar o espaço deixado vago pelo fim da linha Nexus.

(Nesse sentido, espero muito que o Google resolva estender o Android One sob esse novo prisma para certos países ao sul)

Anúncios