Do que chamou nossa atenção na (pré)IFA 2017

ifa_layout_images_logo.png

Sempre a pré-IFA, que são os press days, são mais interessantes que a IFA em si… mesmo sendo uma IFA em que nada de surpreendente aconteceu.

Porque estamos perto do Natal, e a IFA é uma feira enorme e que não é centrada em smartphones e tablets, é a hora perfeita de mostrar algumas atualizações: a Samsung anuncia novas versões dos seus wearables Tizen (este ano, Gear Sport e Gear Fit2 Pro), a Acer anuncia um novo Chromebook (este ano, uma nova versão do Chromebook 15), a LG anuncia novo topo de linha da série V (o V30 não tem mais segunda tela e o outro chaebol adota a tática da Sony de duas iterações anuais do seu topo de linha), a Sony atualiza mais uma vez seus topos de linha (voltou o Compact, oba!) e sua gama média, a volta da linha Moto X (e depois de dois anos de ausência, e da maneira Lenovo de fazer as coisas), uma edição especial do Blackberry KeyONE (a “Black Edition”)…

Mas volta e meia tem coisas inesperadas acontecendo…

Anúncios

Do que chamou nossa atenção na CES 2016

Tem um monte de coisas que saem na CES, mas só algumas passaram pelo teste do click na matéria:

IFA, dia -2: o que mais chamou nossa atenção

Estamos naquela época do ano em que agosto acaba, setembro começa e Berlim é controlada pela moça de vermelho.

O destaque foi a linha Sony Xperia Z5, mas tivemos outras coisas que chamaram a atenção deste blog.

  • Duas da Huawei: Huawei Watch, o Android Wear a ser batido, e Huawei Mate S, com ForceTouch, a palavra da moda.

  • Duas da Acer: Chromebook R11, mais um Chrome OS conversível (espero que venha mais), e Predator 8, um Atom x7 competidor para o Shield Tablet e o tablet da Razor pelo dinheiro dos andróides da jogatina.

  • ASUS Zenfone Zoom: zoom óptico de 3x… fazia tempo que não aparecia um telefone com zoom óptico.

  • Lenovo PHAB e PHAB Plus: surgiu um competidor para os ASUS Zenfone.

  • Novo Moto 360 e suas múltiplas-infinitas customizações.

Três esforços recompensados na CES 2015

Tizen como sistema operacional de tudo da Samsung, um dispositivo por vez. Depois dos smartwatches, finalmente uma aposta maior: Tizen equipando todas as Smart TVs dos coreanos. Teremos uma interessante batalha Samsung/Tizen x LG/webOS durante 2015.

A Fundação Mozilla (e a Microsoft) conseguem alguém disposto a bancar seus SO no mesmo hardware do Android. A Alcatel OneTouch, que parece ter gostado de aparecer na mídia ocidental, lança a linha PIXI 3 com escolha de Android, Firefox OS ou Windows Phone. Se agora vai? Aí é mais difícil…

A aposta da Qualcomm no Snapdragon 410 para iniciar seus esforços de 64 bits vai dando certo. Dois exemplos: o Acer Liquid Z410 e o Xiaomi Redmi 21, ambos com LTE e ambos com preços bem interessantes.


  1. provavelmente a Xiaomi não vai aparecer na CES, mas enfim.