Do que chamou nossa atenção na CES 2016

Tem um monte de coisas que saem na CES, mas só algumas passaram pelo teste do click na matéria:

IFA, dia -2: o que mais chamou nossa atenção

Estamos naquela época do ano em que agosto acaba, setembro começa e Berlim é controlada pela moça de vermelho.

O destaque foi a linha Sony Xperia Z5, mas tivemos outras coisas que chamaram a atenção deste blog.

  • Duas da Huawei: Huawei Watch, o Android Wear a ser batido, e Huawei Mate S, com ForceTouch, a palavra da moda.

  • Duas da Acer: Chromebook R11, mais um Chrome OS conversível (espero que venha mais), e Predator 8, um Atom x7 competidor para o Shield Tablet e o tablet da Razor pelo dinheiro dos andróides da jogatina.

  • ASUS Zenfone Zoom: zoom óptico de 3x… fazia tempo que não aparecia um telefone com zoom óptico.

  • Lenovo PHAB e PHAB Plus: surgiu um competidor para os ASUS Zenfone.

  • Novo Moto 360 e suas múltiplas-infinitas customizações.

Três esforços recompensados na CES 2015

Tizen como sistema operacional de tudo da Samsung, um dispositivo por vez. Depois dos smartwatches, finalmente uma aposta maior: Tizen equipando todas as Smart TVs dos coreanos. Teremos uma interessante batalha Samsung/Tizen x LG/webOS durante 2015.

A Fundação Mozilla (e a Microsoft) conseguem alguém disposto a bancar seus SO no mesmo hardware do Android. A Alcatel OneTouch, que parece ter gostado de aparecer na mídia ocidental, lança a linha PIXI 3 com escolha de Android, Firefox OS ou Windows Phone. Se agora vai? Aí é mais difícil…

A aposta da Qualcomm no Snapdragon 410 para iniciar seus esforços de 64 bits vai dando certo. Dois exemplos: o Acer Liquid Z410 e o Xiaomi Redmi 21, ambos com LTE e ambos com preços bem interessantes.


  1. provavelmente a Xiaomi não vai aparecer na CES, mas enfim.